Cabeça vazia, oficina do diabo

Texto-base: “…não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”. Romanos 12:2

Quebra gelo: Você já se achou em situações em que suas decisões e escolhas colidiram diretamente com a palavra de Deus?

Qual foi o impacto de consequências negativas sobre sua vida e das pessoas que o cercavam?

Introdução: O Senhor nos alerta com relação às limitações e cadeias que prendem nossa mente quando agimos condicionados e conformados aos padrões seculares. O Pai nos adverte, em tom de aconselhamento, através de Paulo, em sua carta aos Romanos, no capítulo 12:2 sobre-a necessidade de mudarmos a nossa maneira de pensar, não nos conformando com este padrão secular.

Desenvolvimento: Os cristãos não podem ser moldados pelos padrões estabelecidos por este mundo. É-nos permitido o direito de escolha, tanto porque Deus nos deu o livre-arbítrio, contudo, moralmente e espiritualmente não nos é lícito embrenharmo-nos pelas possibilidades e opções de escolhas quando o que está em pauta é a decisão de realizar o que é certo ou errado, de falar a verdade ou a mentira, de caminhar reto ou de forma tortuosa.

Palavras, posicionamentos e comportamentos firmados no padrão humanista e secular são errôneos e nos conduzem ao relativismo social que regem o mundo hoje.

Valer-nos de argumentações legalizadoras para que tenhamos o desencargo de consciência ou amenização do espírito de culpa é um pecado que pode converter-se num erro ainda maior que o pecado inaugurador do problema.

Assim, muitos tem usado argumentos e justificativas relativistas para o pecado, como desculpas, tais como: “você não precisa dizer toda a verdade”, “é somente uma mentirinha para o gasto”, “todo(a) vendedor(a) fala isso”, “ninguém vai ficar sabendo” ou até mesmo “você não está mentindo, está apenas evitando que ele(a) sofra”.

Conclusão: Uma mente presa aos padrões do mundo, portanto ás mentiras, trarão frutos dessas posturas. Uma mentira por menor que seja, ou qualquer outro ato errado, por mais simples e inofensivo que pareça ser inicialmente, poderá trazer consigo uma carga negativa que irá repercutir em nossas vidas e daqueles que amamos.

Renovar a mente em Cristo, adequando-a a Palavra de Deus é, passar por um processo de transformação na maneira de pensar, que vai refletir diretamente na minha maneira de agir. Quando assim agirmos pareceremos muito mais com Cristo, não somente na forma de pensar e ver as coisas, mas principalmente na tomada de decisões, tendo as minhas escolhas guiadas pelos ensinamentos de Jesus.

Pra. Cíntia Lima

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Fechar