Chamados Para Servir Sem Limitações

Quebra gelo: Você já teve que fazer algum tipo de serviço aonde você se sentiu rebaixado? Deixe que duas ou mais pessoas comentem.

Texto Base: João 13:4-5

Nesta passagem nos mostra Jesus lavando os pés dos seus discípulos. O Mestre se despindo e se curvando com a atitude firme de tocar na sujeira deles, sem qualquer restrição. Lavar os pés de um bando de andarilhos que peregrinavam horas e horas por ruas poeirentas e poluídas por fezes frescas de animais por toda parte, isto sim é um serviço sujo, não é mesmo?

Jesus queria mostrar não só a maneira que devemos servir ao outro, como também a melhor forma de lidarmos com o ego, o EU, o orgulho.

É muito fácil e até honroso servir pessoas que consideramos importantes, notáveis, famosas, ricas, a quem atribuímos muito valor, porém, não queremos servira quem julgamos inferiores ou menos importantes.

Deus nos mostra que não podemos faz distinção entre nós At. 15:9, Tg. 2:3- 4. Fomos chamados para uma grande obra que é servir um ao outro em amor. Quando lemos atentamente o novo testamento constatamos, do início ao fim, que o cristianismo é um modo de vida que acaba com todo separatismo.

Em João 13 Jesus ensina que não seremos conhecidos se não amarmos verdadeiramente uns aos outros, esta deve ser a forma que as pessoas que ainda não conhece a Jesus irão nos identificar, como verdadeiros CRISTÃOS, pessoas que apesar das diferenças que possam existir, são capazes de permanecerem juntas e servindo igualmente uns aos outros.

Só iremos conseguir isto quando olhamos para a CRUZ. Ali temos o maior exemplo de Servir sem Restrição. É o princípio da renúncia do ego e de toda a nossa velha natureza.

Conclusão: Jesus é nosso maior exemplo de servirmos uns aos outros, Ele nos serviu ofertando sua própria vida, há muitas pessoas que precisam ser ajudadas a conhecer o caminho da salvação (Jo 14:6) e nós somos chamados como Cristãos a serví-las e a ajudá-las, Jesus pode contar com você neste SERVIÇO?

Pr. Marcelo Arquimedes

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *