Nossa maior riqueza

JESUS EM NOSSA CASA.

Texto base: Lucas 19.1-10

INTRODUÇÃO
A. Por que as pessoas correm atrás de qualquer solução quando estão com problemas?
B. Você alguma vez esteve em uma situação na qual se desesperou e não viu a solução de seu
problema? Explique.

PROPÓSITO
Reconhecer que Jesus tem poder para transformar nossas vidas. Zaqueu era chefe dos coletores
de impostos, comandava a extorsão e a exploração popular. Era líder da corrupção. Era um homem
rico, mas sabia que sua riqueza não vinha das mãos de Deus, era advinda do roubo e da opressão
exercida sobre o povo. Um fato curioso é o significado do nome Zaqueu, que vem do hebraico Zacah e
quer dizer “puro”, uma contradição em seu comportamento até então.

EXAMINANDO AS ESCRITURAS: Lc 19.1-10
A. Quais os obstáculos que Zaqueu precisou vencer para ver Jesus?
B. Será que Jesus sabia onde Zaqueu estava?
C. Por que você acha que Jesus se ofereceu para ir à casa de Zaqueu (v.5)?
D. Se Zaqueu só ficasse em cima da árvore VENDO JESUS PASSAR, o que, provavelmente,
teria acontecido com ele?
E. Como você se sentiria se fosse Zaqueu quando Jesus falou que iria à sua casa?
F. Por que Zaqueu se propôs a fazer restituições àqueles a quem havia enganado (v.8)?
G. “Hoje houve salvação nesta casa! Porque esse homem é filho de Abraão”. (v.9) O que Jesus
estava dizendo sobre Zaqueu?

APLICAÇÃO PARA A NOSSA VIDA:
A. Quando foi que você encontrou Jesus pela primeira vez? Onde você estava? Como foi o
processo de decisão?
B. Quais são as principais “barreiras” que nos impedem de ver e seguir o Senhor hoje?
C. Será que você reconhece que precisa ter um encontro com Jesus? Que erros ou falta você
precisa consertar?

CONCLUSÃO
Quando Jesus entra no nosso coração e em nossa casa, Ele muda toda nossa vida e satisfaz
plenamente a nossa alma, pois, assim como Ele conhecia a triste realidade de Zaqueu, também
conhece a realidade de cada um de nós.

Mostre mais

Artigos relacionados

1 comentário sobre “Nossa maior riqueza”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *