O guarda-chuva vermelho

A seca parecia não ter fim, e uma pequena comunidade de fazendeiros do meio-oeste estava em dúvida sobre o que fazer. A chuva era importante não apenas para manter a plantação viçosa, mas também para promover meios de subsistência para os habitantes da cidade.

Quando o problema se tornou mais urgente, a igreja local achou que era tempo de envolver-se e planejou uma reunião de oração para pedir chuva.

 

No dia marcado, os irmãos compareceram à reunião e o pastor observou uma menina de 11 anos sentada na primeira fileira. Seu rosto angelical brilhava de alegria e, ao seu lado havia um lindo guarda-chuva vermelho, pronto para ser usado.

A beleza dessa cena fez o pastor sorrir para si mesmo quando ele se deu conta da fé daquela menina, uma fé que talvez tivessem esquecido. Todos haviam comparecido para orar pedindo chuva… ela, para presenciar a resposta de Deus.

Extraído do Estudo da Célula – Igreja da Paz Fortaleza
Mostre mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *