Que tempo é esse, você sabe?

Quebra gelo: Você consegue discernir o tempo que estamos vivendo?

Você sabe que tempo é este? Você se sente perplexo, confuso, ansioso, quanto a este tempo?

Você tem noção, quando foi a primeira vez que Deus se revela como Jeová Shalom – Deus da paz? Foi em um momento crucial, em que o povo de Israel estava sendo afligido, oprimido pelos midianitas, ao ponto que, os inimigos do povo de Deus viam, invadiam e destruíam as suas plantações. Foi neste contexto de aflição, penúria, opressão, que Deus desafia um homem, Juiz em Israel, para lutar contra estes inimigos.

Deus se manifestou como Deus da paz, da prosperidade, arregimentando- o para guerrear, para a lutar, diante da calamidade. É como se Deus falasse: Você conhecerá Jeová Shalom (paz, prosperidade) se for para guerra, se lutar. Parece um paradoxo, mas, a paz se conquista, se luta para alcançar. Não haverá paz se você não lutar na guerra, para destruir os inimigos que roubam sua paz, que oprime e destrói a sua vida. Jz 6:3-4,14-16,23-24

Mas que tempo é este?

Que guerra é esta que preciso lutar para ter paz?

Envolve inimigos internos, externos e enganos (ideologias e sofismas = argumentos falsos na mente)

1 – Internos: em que cada um é tentado pela sua própria cobiça: Tg 1:14a tentação interna, acontece dentro de cada um de nós, dentro de você. A tentação em vários níveis, que envolve imoralidade, poder, homicídios, avareza, ganância, inveja.

  • Externos: principados e potestades: Ef 6:11-12 demônios externos, mas também com alta patente no mundo espiritual, por isso são identificados como principados e potestades (domínios, autoridades). Jesus os chama de: “poderdo inimigo”.
  • Enganos: que que envolve ideologias, sofismas, que são argumentos falsos na mente, idéias, cadeias de pensamentos, que pode e/ou tende a ser legalizadas, por quê? SI 94:20 “Acaso pode associar contigo o trono da iniqüidade, forjando o mal, tendo uma lei por pretexto?

Este texto nos revela que a iniqüidade quer se estabelecer, se instalar como lei. A iniqüidade é a perversão humana, no seu íntimo, externalizada, praticada. Como lei, é uma força, um imperativo para se ver obrigado a aprovar uma conduta que fere os valores de Deus e da verdade. Ex: Erotização de crianças, ideologia de gênero e a ideologia marxista, comunista que tem dominado mentes e corações.

 

Pr Cotv: Estudando sobre a queda e destruição de grandes impérios que marcaram a história da humanidade, desde Sodoma e Gomorra, como o império Babilônico e romano, percebe-se alguns aspectos comuns aos que tem sucedido em nossos dias:

*Relativização da moral. Sociedade cujos fundamentos estão profundamente ameaçados pela banalização do pecado e a legalização da iniquidade.

*Perversão e animalização do sexo: A cultura hedonista do prazer em detrimento do casamento, o prazer pelo prazer, onde os relacionamentos se tornam descartáveis.

*Perda dos vínculos familiares. Quando uma massa crítica da sociedade encontra-se desconectada dos relacionamentos existenciais, desconhecendo quem é pai, mãe, marido, esposa, filho, etc

*Explicitação do ocultismo. Um crescente e explícito envolvimento com rituais satânicos. Aera dos bruxos, feiticeiros e vampiros.

Se não fizermos algo, certamente estaremos fadados a uma inevitável destruição.

E o que devemos fazer? Diante do regime democrático e como cidadão, podemos votar e escolher quem vai nos representar, que vão cooperar em fazer e ou aprovar as leis, é o que faremos neste próximo domingo das eleições, dia 7/10.

Jz 6:6-7 Clamar ao Senhor, que tudo vê, tudo pode. E quando o povo começou a clamar? Jz 6:33, 7:12. Clamor envolve oração intensa e perseverante, súplica, intercessão. Jejum: Mt 17:21 E disse-lhes: Esta casta não pode sair com coisa alguma, a não ser com oração e jejum.

Ex: Ester a primeira dama agiu depois de jejum de três dias em que havia uma lei para destruição do seu povo. Daniel venceu por meio da oração e jejum, pois havia uma lei contra ele, para atingi-lo e matá-lo.

» Faremos partir desta semana um jejum de 7 dias de alimentos do reino animal, vamos orar pelas eleições, economia e justiça em nosso pais.

Deus quer que a gente lute as suas guerras. Porque ele nos conclama para sermos bons soldados de Cristo? 2 Tm 2:3-4 Espada pelo Senhor e por Gideão, significa que preciso lutar pelos meus filhos, minha família, minha igreja, meus pastores, minha nação. Ne4:14

Apocalipse tem as promessas para os vencedores, porque há uma luta, contra inimigos, internos, externos e idelógicos. Se há vencedores é porque lutaram e prevaleceram! Quem lutar com Jesus Cristo e pelo seu reino vai vencer!

“Ao vencedor dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono”-Ap 3:21

Gancho evangelístico: Você quer lutar para ter paz, para ser um vencedor? Somente em Jesus Cristo podemos vencer e permanecer na sua presença.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *