Vença a Competitividade

Texto Base: Salmos 37

Objetivo do estudo: Consolidar a prática do bem mesmo em circunstâncias adversas.

“Às vezes pensamos que os maiores problemas do Brasil são a educação, o desemprego e a saúde. De fato sim. Mas, pior é o condicionamento psicológico a que nos submetemos ao estarmos inseridos neste caos. Olho para o meu próximo como um inimigo, alguém que deseja ocupar o meu espaço, tomar minha chance. Isso é terrível! Produz o individualismo, a insensibilidade, o egoísmo e a ambição.”

1. Como vencer a competição em Cristo Jesus?

Atitudes convenientes 

• (Salmos 37:7) – Descansa no SENHOR, e espera nele; não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos.
• (Salmos 37:8) – Deixa à ira, e abandona o furor; não te indignes de forma alguma para fazer o mal.; (Tiago 1:20) – Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus. Você pode adquirir uma gastrite ou úlcera
• Seja cooperador – (Provérbios 25:21) – Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe pão para comer; e se tiver sede, dá-lhe água para beber; (Provérbios 25:22) – Porque assim lhe amontoarás brasas sobre a cabeça; e o SENHOR to retribuirá. (Romanos 12:20) – Portanto, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto, amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça.
• Haja com amor – (Lucas 6:27) – Mas a vós, que isto ouvis, digo: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam;

2. Fim dos ímpios (As competições injustas, mundanas não encaixam na vida do crente)

Olhe para o futuro! Desapontamento e destruição aguardam os ímpios:
(Salmos 37:1) – NÃO te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniqüidade.
(Salmos 37:2) – Porque cedo serão ceifados como a erva, e murcharão como a verdura.
(Salmos 37:10) – Pois ainda um pouco, e o ímpio não existirá; olharás para o seu lugar, e não aparecerá.
É preciso ter calma e esperar o tempo marcado por Deus. O mal jamais triunfará, pois existe em funcionamento no mundo um princípio de retribuição (Gálatas 6:7) – Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.
(Salmos 37:34) – Espera no SENHOR, e guarda o seu caminho, e te exaltará para herdares a terra; tu o verás quando os ímpios forem desarraigados.
(Salmos 37:35) – Vi o ímpio com grande poder espalhar-se como a árvore verde na terra natal.
(Salmos 37:36) – Mas passou e já não aparece; procurei-o, mas não se pôde encontrar.

3. A verdadeira Segurança

• Comunhão com Deus (I João 1:3) – O que vimos e ouvimos isso vos anunciamos, para que também tenhais comunhão conosco; e a nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo.
• Segurança em Deus (I Timóteo 6:17) – Manda aos ricos deste mundo que não sejam altivos, nem ponham a esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que abundantemente nos dá todas as coisas para delas gozarmos; (I Timóteo 6:18) – Que façam bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente, e sejam comunicáveis;

Podemos até tropeçar, às vezes, mas Deus está sempre presente para socorrê-los (Salmos 37:23) – Os passos de um homem bom são confirmados pelo SENHOR, e deleita-se no seu caminho.
(Salmos 37:24) – Ainda que caia, não ficará prostrado, pois o SENHOR o sustém com a sua mão.

O justo, por mais pobre que seja, é mais rico que o ímpio, pois conta com o amparo do Senhor em todas as suas necessidades materiais e espirituais (Mateus 6:31) – Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?
(Mateus 6:32) – (Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;
(Mateus 6:33) – Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
(Mateus 6:34) – Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.
(Salmos 37:25) – Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua semente a mendigar o pão.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *