Homens da Bíblia – Onésimo

Ele foi resgatado em meio às prisões

Este homem não é muito comentado, mas é por causa de Onésimo que há na Bíblia o livro de Filemom.

Onésimo era servo de Filemom, mas fugiu dele e encontrou com o Apóstolo Paulo na prisão. Ali, fizeram uma amizade verdadeira, a ponto de Paulo o chamar de filho (Filemom 10). E este talvez seja o sinal de que Onésimo tenha se tornado cristão.

O fato é que Paulo soube que Onésimo era fugitivo de Filemom, um cristão amigo do Apóstolo, que resolveu escrever uma carta para defender Onésimo e pedir que Filemom o recebesse de volta (Filemom 8 e 9).

Os fugitivos do Senhor

Há muitos por aí fugindo do Senhor, de conhecê-lo, de andar com Ele. Mas ao passar por dificuldades, ficam com vergonha de voltar atrás e esquecem que há alguém que intercede por eles.

Esta defesa que Onésimo encontrou em Paulo é a mesma que todos nós encontramos em Cristo. Basta que o erro seja admitido, o que provavelmente aconteceu, senão Paulo não saberia o erro cometido por ele.

A história de Onésimo somente retrata um homem carnal que fugiu do seu Senhor, mas encontrou um defensor no momento mais difícil de sua vida.

Infelizmente, a maioria das pessoas só lembra e se abre para Cristo quando precisam de algum “favor” Dele. Quantos têm que chegar ao fundo do poço para entender o grande amor de Deus? Quantos fogem de Deus, largando tudo por uma pseudo liberdade?

Mas a boa notícia é que Jesus é nosso eterno defensor perante Deus, basta que o pecado e as falhas sejam confessados.

Paulo tomou partido de Onésimo, para que este pudesse ser aceito e perdoado por Filemom. Além disso, o Apóstolo se colocou para pagar qualquer dano que ele houvesse causado (Filemom 18).

É isso. Jesus veio para pagar nossa dívida, uma pendência pecaminosa que, como seres humanos, não teríamos condições de quitar; um débito espiritual.

Nunca é tarde para se arrepender, para voltar para os caminhos do Senhor, para se abrir para um novo tempo de reconstrução.

Se você é um “Onésimo”, um fugitivo de Deus, volte, ainda há tempo, pois Jesus é o seu defensor incondicional.

Por Tany Souza
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *