Vença a Ansiedade

Texto: Mateus 6:25-34

Como viver sem se preocupar com a manutenção da vida?
Como obedecer ou praticar este mandamento, nós que vivemos num país com tantas incertezas?
Será possível viver de maneira despreocupada no Brasil?Como?

1. Entendendo a ansiedade
Ansiosos” vêm do termo grego que significa “distrair” – A idéia é que mente procura seguir em duas direções ao mesmo tempo, resultando em confusão e sofrimento.

(Mateus 6:20) – Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. (Mateus 6:24) – Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom. “O homem que quiser ter um tesouro nos céus e que quiser servir a Deus e não às propriedades deve desvencilhar-se da ansiedade” (Sherman Johnson). Na explicação de Orlando Boyer, a avareza e ansiedade são uma para com a outra, como a lagarta para a borboleta; aqueles que andam aflitos por dinheiro mostram-se avarentos depois de adquiri-los. O amor ao dinheiro produz avareza nos que o têm.

(Colossenses 3:5) – Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a prostituição, a impureza, a afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria;
(Colossenses 3:6) – Pelas quais coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência;
(I Timóteo 6:10) – Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.

É importante frisar que Jesus não proíbe a prudência que prevê o futuro, mas o afã e o angustiar-se pelo amanhã. Ele proíbe o medo ansioso, enfermo, que é capaz de eliminar toda a possibilidade de alegria da vida presente.

2. Razões para vencer a ansiedade
No texto em Mateus (6 : 25-34), Jesus apresenta 8 razões:

2.1 Pela vida do Homem
(Mateus 6:25) – Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?
//A personalidade humana merece mais consideração do que a simples satisfação dos desejos físicos //

2.2 Deus tem cuidado
(Mateus 6:26) – Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?
(Mateus 28:20) – Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.

2.3 A Ansiedade é inútil
(Mateus 6:27) – E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?

2.4 Analogia das Flores
(Mateus 6:28) – E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;
(Mateus 6:29) – E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.

2.5 Para não sermos infiéis como as pessoas que não crêem em Deus
(Mateus 6:32) – (Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;
//A ansiedade é essencialmente desconfiança para com Deus//

2.6 Ansiedade é algo desnecessário
(Mateus 6:32) – (Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;

2.7 Porque Deus nos supri
(Mateus 6:33) – Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

2.8 Ansiedade – Aumenta o sofrimento
(Mateus 6:34) – Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.
//É loucura sofrer o mal futuro, que nem ao menos existe ainda, juntamente com o sofrimento presente, o é perfeitamente real//

3. A importância da providência Divina

3.1 Ele preserva e governa nossa vida de modo muito especial 
(Atos 17:28) – Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos também sua geração.
(Salmos 57:2) – Clamarei ao Deus altíssimo, ao Deus que por mim tudo executa.
(Neemias 9:6) – Só tu és SENHOR; tu fizeste o céu, o céu dos céus, e todo o seu exército, a terra e tudo quanto nela há, os mares e tudo quanto neles há, e tu os guardas com vida a todos; e o exército dos céus te adora.

3.2 A providência opera em nosso nascimento
(Salmos 139:13) – Pois possuíste os meus rins; cobriste-me no ventre de minha mãe.
(Salmos 139:14) – Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem.
(Salmos 139:15) – Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui feito, e entretecido nas profundezas da terra.
(Salmos 139:16) – Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia.

3.3 A providência na Salvação
(I Tessalonicenses 4:11) – E procureis viver quietos, e tratar dos vossos próprios negócios, e trabalhar com vossas próprias mãos, como já vo-lo temos mandado;
(I Tessalonicenses 4:12) – Para que andeis honestamente para com os que estão de fora, e não necessiteis de coisa alguma.

3.4 A providência na vida familiar
(Salmos 34:10) – Os filhos dos leões necessitam e sofrem fome, mas àqueles que buscam ao SENHOR bem nenhum faltará.

Enfim a providência em tudo:
(Romanos 8:32) – Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?
(Romanos 8:28) – E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.

Conclusão
É possível vencer a ansiedade ou a preocupação excessiva, descansando na providencia divina, sabendo que Ele suprirá todas as necessidades.

(Lucas 10:41) – E respondendo Jesus, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária;
(Lucas 10:42) – E Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.

Voltemos a boa parte que é adorar aos Senhor, pois Ele tem cuidado de nós.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *