Homens da Bíblia – Saul


A desobediência gerou perdas

Antes do reinado de Saul, Israel obedecia a Samuel, que fazia tudo o que Deus indicava e que era melhor para o seu povo (I Samuel 3:19-21).

Com a velhice de Samuel o povo começou a se perguntar quem eles deveriam ter como governador, já que seus filhos não enveredaram pelo mesmo caminho do pai (I Samuel 8:1-5). Esta preocupação já demonstrou que o povo tinha esquecido de Deus, pois não o considerava rei sobre eles.

De maneira estratégica Deus indicou Saul para este reinado (I Samuel 9:15-27) e ele foi ungido rei de Israel, conforme o pedido do povo (I Samuel 10).

Depois deste feito, Saul demonstrou ser desobediente ao oferecer holocaustos sem a presença de Samuel, assim como foi ordenado (I Samuel 13:8-13).

Por causa desta desobediência de Saul, Deus começou a procurar um homem segundo o Seu coração para que pudesse reinar sobre Israel, chegando a Davi (I Samuel 13:14).

As perdas

Podemos dizer que antes mesmo de Saul ser desobediente, ele foi ansioso e não quis perder a atenção que tinha das pessoas (I Samuel 13:8).

Quantas bênçãos de Deus estão prestes a acontecer, quando se resolve pegar as rédeas da situação e fazer do próprio jeito? E quantas são as perdas?

No caso de Saul, a sua desobediência gerou a perda de um reino inteiro e ainda com a benção de Deus. Por causa de sua prepotência e desejo de agir como rei, Saul perdeu tudo o que Deus tinha reservado para ele.

E este foi só o começo de seu desequilíbrio e falta de confiança em Deus. No decorrer de seu reinado e, até mesmo depois que Samuel encontra Davi, ele demonstra ser um homem sem escrúpulos, se esquecendo que foi Deus quem o colocou naquele patamar.

Não aja como Saul, querendo fazer tudo do seu jeito, esquecendo que Deus sempre tem o melhor para você.

Espere, tenha paciência, obedeça e, somente assim, viverá o que Deus tem reservado: o bom, o perfeito e o agradável (Romanos 12:2)

Por Tany Souza

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *